Islamismo

 

Na Idade Média, os árabes unificaram-se em torno de uma religião monoteísta: o Islamismo, fundado pelo profeta Maomé, no século 7. Seus seguidores são chamados de maometanos, mouros ou muçulmanos.

O nome tem origem na palavra árabe islã, que pode ser entendida como submeter-se ou resignar-se. Islã é frequentemente usado como sinônimo de Islamismo, além de ser também adotado para designar o conjunto de comunidades islâmicas no mundo.

Maomé (570 ou 580 - 632) é considerado o último mensageiro de Deus, ou Alá, para os árabes, após Abraão, Moisés e Jesus. Ele codificou sua doutrina no Corão, o livro sagrado do Islã, que teria sido revelado por Alá, segundo sua doutrina.

A fé islâmica deu grande impulso às conquistas árabes, a partir do século 7. Em 642, conquistaram o Egito e seguiram ampliando seus domínios, substituindo gradativamente o Cristianismo no Oriente Médio, norte da África e Península Ibérica (reconquistada depois). Também avançaram por partes do sul e sudeste da Ásia. Em 1453, os turcos otomanos, comandados por Maomé II, tomaram Constantinopla (atual Istambul).

Os árabes dominavam o comércio de especiarias no Oceano Índico, até serem derrotados pelos portugueses na Batalha de Diu, em 1509. A guerra dos portugueses com os mouros (árabes do norte da África) foi uma continuação da expulsão deles da Península Ibérica. Em 1415, os portugueses conquistaram Ceuta. Depois tomaram Alcácer Seguer (1458), Arzila e Tânger (1471), no Marrocos. A vitória dos portugueses sobre os mouros ensejou o Papa a assinar a Bula Romanus Pontifex (1455), que dava aos portugueses a hegemonia sobre os territórios conquistados no além-mar.

Hoje, cerca de 20% da população mundial abraça o Islamismo. Alguns países adotam essa religião oficialmente.

No Brasil, o Islamismo chegou com os escravos africanos trazidos de regiões onde essa religião era adotada. Segundo o IBGE (2010), existem mais de 35 mil seguidores do Islamismo no Brasil.

 

Arábia Saudita

 

Monte Ararat

 

Isla

 

Acima, a Mesquita de Al Haram, na cidade sagrada de Meca, Arábia Saudita.  A mesquita abriga a Caaba (Pedra Negra), o santuário sagrado. Meca é a terra natal do profeta Maomé e centro de peregrinação do Islã.

 

Monte Sinai

 

Mesquitas

 

Mesquita Istambul

 

A Mesquita Azul, em Istambul. Construída em 1609, pelo sultão Ahmet, com capacidade para dez mil pessoas e estilo arquitetônico do otomano clássico.

 

Meca

 

Arabia Saudita

 

Mapa físico Arabia

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Religião árabe, Islame.

 

 

Islamismo

 

 

Arabia Saudita turismo